sexta-feira, 22 de agosto de 2014

O mistério da estátua de Jesus Cristo




Durante uma restauração que seria nada mais do que rotineira, pesquisadores do Instituto Nacional de Antropologia e História do México fizeram uma descoberta sem precedentes. Uma estátua do século XVIII de Jesus Cristo foi radiografada e mostrou-se equipada com dentes reais, branco-perolados humanos, intactos até as raízes.


Pesquisadores, muitas vezes, fazem raios-X de antigas obras de arte para descobrirem o máximo de informações sobre a peça, e, neste caso, certamente valeu a pena. “O Senhor da Paciência”, como a estátua foi apelidada, tem oito dentes no total, que os antropólogos só notaram graças ao fato de que “as raízes podem ser vistas perfeitamente nos raios-X, e de acordo com o tamanho deles, sabemos que todos eram de um mesmo adulto”. Normalmente, as estátuas terão dentes esculpidos em madeira ou até osso, mas as raízes foram importantes para que a descoberta fosse feita.

A explicação mais provável para esse caso seria que os dentes foram doados para a igreja. Não era de todo incomum, por exemplo, para paroquianos daquele tempo cortarem o próprio cabelo para que fossem colocados nas estátuas dos santos. Na verdade, essa é a única explicação científica para este caso.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse sua opinião, ela é bem vinda!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...