domingo, 26 de outubro de 2014

Exumação revela ritual de magia negra em caixão

Exumação revela ritual de magia negra em caixão

Materiais usados em ritual de magia negra foram encontrados dentro de caixão onde supostamente teria sido enterrado o corpo de uma criança de 1 ano e 4 meses, em Itabatã (distrito de Mucurí que fica 579 quilômetros de Salvador), no interior da Bahia.

De acordo com o delegado de Mucurí, Charlton Fraga, a polícia determinou a exumação do corpo na última terça-feira, 12, para apurar a suposta morte de um menino, mas, ao invés do corpo, encontrou um frango, três corações de boi, uma foto desgastada, velas vermelhas e pratas, uma camisa e pimenta dentro do caixão branco.

magia negra encontrada em caixão

A investigação foi iniciada depois da denúncia de que Edileuza Pinto da Costa teria enterrado o corpo do filho no cemitério do distrito sem apresentar a Declaração de Óbito, documento que é obrigatório.

“Ela fez o enterro depois do expediente do coveiro e, quando ele cobrou a documentação, ela não apresentou (a declaração). Quando ele insistiu, ela procurou o cartório para fazer a Certidão de Óbito da criança, mas nem tinha a Certidão de Nascimento”, conta o delegado.

Edileuza conseguiu emitir a Certidão de Nascimento, mas a polícia desconfia que a criança possa não existir. De acordo com o delegado, uma tia de Edileuza disse que nunca viu a sobrinha grávida. A mulher diz, no entanto, que teve o filho em uma fazenda no interior da Bahia e que entregou o bebê para o pai dois dias depois do nascimento.

De acordo com a mulher, pai e filho viviam em Minas Gerais, mas se mudaram para um acampamento do Movimento do Sem Terra em Mucurí com os avós paternos. Edileuza conta que soube que o filho tinha morrido e decidiu fazer o enterro. Ela não soube explicar a causa da morte da criança.

O delegado disse que se for comprovado que o menino não existe, Edileuza vai responder por registro de nascimento inexistente. Mas se ela realmente teve o filho, a polícia vai tentar localizar a criança. “Ainda é cedo para definir qual foi o crime cometido e até se houve algum crime”, afirma.



Esse é um caso um pouco antigo (aconteceu no fim do ano passado) porém é bem estranho, existem muitos outros casos semelhantes de exumações que acabaram revelando a evidência de macabros rituais no interior dos caixões, agora eu pergunto: com qual finalidade esses rituais são executados?

Não tenho a resposta, porém sei que coisa boa não é. 

Um comentário:

  1. E se perceberem, no vídeo, provavelmente aquilo já estava há dias ali, ou tempo suficiente para começar a decomposição e não aparece nenhuma larva!! Nada! A macumba foi das fortes. PQP. ( pra quem acredita né )

    ResponderExcluir

Expresse sua opinião, ela é bem vinda!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...