sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Behind You: Estórias tão cotidianas quanto bizarras


Quando era criança você provavelmente sentia medo do escuro, sua imaginação lhe pregava peças criando  monstros à espreita nas sombras.

O ilustrador irlandês Brian Coldrick lançou essas criaturas como as estrelas de seu webcomic em curso e livro “Behind You: One-Shot Horror Stories”. Cada imagem é uma ilustração bonita e assombrosa de um painel que mostra um monstro escondido apenas no alcance dos braços, juntamente com legendas sombrias e humorísticas de uma frase. O artista de Londres afirma que, embora nenhum de seus contos sejam adaptações diretas de histórias existentes, eles tocam em “tópicos de terror bem usados”.

Coldrick disse que sua inspiração para a série surgiu de seu amor por filmes de terror, livros e histórias assustadoras na internet: “Pouco antes de começar a série, eu estava lendo algumas creepypastas, a versão da internet de contos populares assustadores”. e também muitos relatos de encontros sobrenaturais da “vida real” em sites como o Reddit. ”

Sendo ilustrador desde 2003, ele começou ‘Behind You’ em abril de 2015 e confessou que foi parcialmente dado como uma tentativa de lidar com sua preguiça. "Eu queria fazer um webcomic contínuo por um tempo, mas eu estava preocupada que eu perderia o interesse depois de começar uma história. Eu pensava que se cada parte fosse um trecho de um conto diferente, eu poderia começar de novo cada vez com o efeito colateral de deixar grande parte da história a ser decidida pelo leitor. É provavelmente a principal razão pela qual as pessoas apreciam a série".


quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Astrônomos detectam sinais recentes de rádio vindos do espaço

Sinais vindo do espaço, ufologia, contato extraterrestre

Pesquisadores utilizaram o aprendizado de máquina noBreakthrough Listen, programa que procura comunicações extraterrestres inteligentes no universo, para encontrar 72 novas rajadas rápidas de rádio (FRBs, na sigla em inglês) vindas do FRB 121102, evento de rádio identificado em 2012.

As FRBs são um dos fenômenos mais misteriosos da astronomia. São extremamente poderosas e curtas, durando apenas milissegundos. A maioria só ocorre uma vez, sem aviso prévio. Por isso, astrônomos não conseguem planejar observações e identificam as rajadas em momentos posteriores. 

A exceção é o FRB 121102, fonte repetidora de sinais, que pode ajudar especialistas na detecção de rajadas no exato momento em que acontecem. Segundo o portal Science Alert, isso foi o que os cientistas do Breakthrough Listen fizeram no ano passado, apontando o telescópio Green Bank Telescope, nos Estados Unidos, para a localização do FRB 121102 por cinco horas.

Usando algoritmos de computador, foram descobertos 21 FRBs apenas na primeira hora. Os astrônomos concluíram que o FRB 121102 passa por períodos de atividades frenéticas e quietas, além de ser mais ativo e complexo do que se imaginava. 

O mistério da múmia descoberta no Pão de Açucar há 70 anos

o-misterio-da-mumia-da-gallotti

 Cadáver encontrado na encosta de um dos mais belos cartões-postais do Rio continua a intrigar montanhistas: de quem era, como foi parar lá e que fim levou são algumas das perguntas sem respostas.

O mistério teve início na manhã de 19 de setembro de 1949. Lá pelas sete da manhã, cinco amigos - Antônio Marcos de Oliveira, Laércio Martins, Patrick White, Ricardo Menescal e Tadeusz Hollup - se encontram na Praça General Tibúrcio, na Praia Vermelha (RJ), para escalar o Pão de Açúcar.

Não era uma escalada como outra qualquer. Em vez de simplesmente subir o paredão de 396 metros de altura por uma das três vias de acesso já desbravadas, os montanhistas, membros do Clube Excursionista Carioca (CEC), decidiram explorar uma quarta trilha, ainda mais perigosa e arrojada que as anteriores.

"Os conquistadores levaram quase cinco anos para concluir a rota que ficou conhecida como a chaminé Gallotti, em homenagem ao senador Francisco Benjamin Gallotti (1895-1961)", explica Rodrigo Milone, presidente do CEC.

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Marilyn Manson - O satanismo no século XXI

marilyn manson, satanismo anton la vey

Fotografia de Manson na companhia de La Vey, idealizador e fundador da Igreja de Satã.


Em fevereiro de 1997, poucos meses antes da morte de Anton LaVey, a revista Rolling Stone pediu para que Hunter Thompson, o mais genial, cru, talentoso e intempestivo jornalista que já pisou na face da Terra, escrevesse um artigo sobre a decadência da Igreja de Satã nos últimos anos daquela década.

Com a queda da histeria americana em relação a rituais e denúncias; sobre abusos praticados por satanistas nas práticas de magia negra, era evidente que o templo de LaVey se arrastava na busca de novos seguidores, especialmente naqueles que fizeram a imagem e fama da igreja: figuras de Hollywood ou estrelas do rock, mesmo aquelas já em decadência. 

Thompson profetizou: "A Igreja de Satã não chega viva ao século XXI." 

Igreja de Satã, Marilyn Mansonm Church of Satan, Satanismo e música


Se ela ainda mantém as portas abertas e realizando suas missas negras e reuniões é outra história; mas a influência e importância que teve nas décadas de 60 e 70, isso já expirou faz muito tempo. Ninguém mais quer ouvir o que ele ou seus asseclas e/ou profetas têm para dizer."

E se a inteligência artificial se votasse contra os humanos?

inteligência artificial, robôs realistas, clonagem humana, avanços tecnológicos


Navegando pelos vídeos do canal RedPill (inscrevam-se clicando aqui), encontrei um que achei bem interessante, na real até me assustou um pouco. 

O mesmo fala sobre inteligência artificial, clonagem animal (e humana), o quanto a tecnologia avançou nos últimos tempos (e continua avançando), além os males que tal evolução pode causar.

Os robôs apresentados no vídeo são pra lá de realistas, algo um pouco bizarro, a maneira dos mesmos sorrirem é totalmente artificial, como se forçado.

A parte do vídeo que mais chamou minha atenção foi quando o entrevistador perguntou ao robô se eles poderiam ter consciência de que são robôs, e ela dá a fenomenal resposta: "E você, como sabe que é humano?".

Enfim, deixarei que assistam ao vídeo e confiram com seus próprios olhos.

terça-feira, 12 de junho de 2018

Mudanças irreversíveis estão acontecendo em nosso planeta [e a culpa é nossa]

A Terra esta mais próxima de mudanças irreversíveis, na medida em que a humanidade ultrapassou 4 de 9 limites planetários. O planeta está deslizando para uma “zona de perigo”, na medida em que a humanidade já atravessou quatro das nove fases ambientais, os chamados limites planetários, se aproximando, potencialmente de “mudanças irreversíveis“, afirma um estudo de alto perfil.

Uma combinação de fatores, incluindo as alterações climáticas, mudanças nos padrões de agricultura e outras atividades humanas que causam mudanças biológicas e químicas para a natureza (não menos do que o uso de fertilizantes) têm colocado o planeta mais perto da “zona de perigo” a partir do qual não há retorno, afirma um estudo na revista Science, publicada quinta-feira:

poluição, mudanças planetárias, sustentabilidade

A atividade humana está mudando as funções planetárias.

“Estamos correndo para cima e para além dos limites biofísicos que permitem a civilização humana tal como a conhecemos de existir”,

declarou o co-autor do estudo Steve Carpenter, diretor da University of Wisconsin-Madison Center for Limnology (Universidade de Wisconsin-Madison Centro de Limnologia), como citado pelo site da universidade.

O trabalho foi realizado por 18 especialistas de renome em suas áreas, o estudo intitulado “fronteiras planetárias: orienta o desenvolvimento humano em um planeta em mudança” assinala que a atividade humana está mudando as funções planetárias, desestabilizando complexas interações entre as pessoas, oceanos, a terra e da atmosfera.

segunda-feira, 11 de junho de 2018

O que é Ocultismo - por Fernando Pessoa

fernando pessoa, ocultismo, poesias, o que é ocultismo, literatura

Não é segredo que durante sua vida, Fernando Pessoa (1888-1935), o poeta mais lido em Portugal e no Brasil, teve íntima ligação com as artes (ou ciências) ocultas, chegando a ter um encontro com o excêntrico e influente ocultista Alesteir Crowley, idealizador da filosofia de Thelema.

Vale ressaltar que Pessoa traduziu um dos poemas mais populares de Crowley, intitulado de Hino a Pã, inclusive em seu funeral, seguidores do ocultista recitaram tal poema em sua homenagem.

Alesteir Crowley, Fernando Pessoa, Besta 666, Thelema, Ocultismo
Clique para ampliar

[Para saber mais sobre Crowley clique aqui,
caso pretenda conhecer sobre a filosofia de Thelema clique aqui,
já realizei algumas postagens aqui no blog sobre o assunto].


Alguns dias atrás enquanto procurava livros interessante na biblioteca municipal de minha cidade, me deparei com um que me chamou atenção pelo título: Poesias Ocultistas, livro esse organizado por João Alves das Neves. O que me surpreendeu mais ainda foi o fato da obra ser referente à Fernando Pessoa.

O prefácio da obra faz um breve resumo acerca da persona de Pessoa, seu envolvimento com o ocultismo e no que isso influi em sua obra, é possível encontrar até mesmo o mapa astral de Fernando Pessoa feito pelo mesmo.

Além desse breve e intenso prefácio, nos deparamos com uma seleção de inúmeras poesias de autoria do poeta, todas elas com referências ocultas ao qual só aqueles que "portam a luz" podem compreender, mas até mesmo os que habitam a escuridão poderão enxergar uma faísca de luz em cada verso contido nesta obra.

O foco aqui é falar sobre ocultismo com base na visão "pessoana", portanto deixarei a seguir a introdução que antecede os poemas do livro Poesias Ocultistas onde o próprio Fernando Pessoa define, em suas palavras, o que seria ocultismo para ele.

[...]


sexta-feira, 8 de junho de 2018

Playlist de músicas excêntricas que te farão refletir [Parte II]

músicas, dicas de músicas, ouvir músicas

Há um mês atrás escrevi a primeira parte dessa matéria (que vocês podem conferir clicando aqui), meu intuito com esses artigos é compartilhar com vocês algumas das muitas músicas que curto, sons que me passam algum conteúdo para refletir ou até mesmo que tragam sentimentos indescritíveis, afinal o que seria da música sem emoção?

Na lista de hoje constam algumas músicas que conheci recentemente, geralmente quando gosto pra caralho de alguma música ouço até meus canais auditivos sangrarem (desculpem pela hipérbole). A quinta das arte acalanta as pessoas desde os tempos mais remotos, e pelo visto as coisas não mudaram.

terça-feira, 5 de junho de 2018

Mídia revela em rede nacional a existência de vida extraterrestre

vida alienígena, a noite dos ovnis, extraterrestres, reportagem sobre aliens, alienígenas, ovnis, ufologia, aeronáutica

Ao pesquisar no youtube alguns vídeos sobre fatos ufológicos divulgados pela mídia, acabei me deparando com essa reportagem, a mesma não é muito atual, ela foi ao ar no final do ano passado, exibida na Rede Globo, mais especificamente no programa Fantástico.

Não assisto televisão, porém achei bem interessante a maneira como o assunto foi abordado, creio que poderiam ter ido mais a fundo na pauta, de qualquer maneira a mensagem foi passada sem rodeios, o jornalista já começa a reportagem com a seguinte frase:

"Depois de reconhecer a existência de vida extraterrestre a NASA resolveu preparar astronautas para se comunicar com alienígenas" 

O que me impressionou foi a forma explícita como os repórteres abordaram o assunto, já que o mesmo é tão pouco comentado na mídia.


segunda-feira, 14 de maio de 2018

Poesias populares de Augusto dos Anjos - Vídeo


Compartilho com vocês através do quadro lírica, caros leitores, algumas grandiosas obras desse poeta que soube usar as palavras de acordo com suas necessidades, encantando até hoje um público tanto jovem quanto mais velho mundo à fora. Recomendo o uso de fones, ouça... deixe o sentimento fluir e reflita juntamente com as palavras.

Não deixem de se inscrever no Mortalha Produções clicando aqui.

O canal esteve parado por um tempo, porém começarei a trazer novos conteúdos na medida do possível (o tempo posui asas, e está sempre voando).

EuTeConto - A parceria continua firme e forte

euteconto, blog mortalha, vídeos de terror, terror, horror

Já faz um certo período de tempo em que não posto mais vídeos do canal EuTeConto aqui no Mortalha por dois motivos, o primeiro é o fato de ter perdido o contato com a Amanda (criadora do EuTeConto) e o segundo é que estive um tempo afastado do blog, tempo esse que já sei foi.

O Blog Mortalha possui uma parceria com o Canal EuTeConto desde 2015, vocês podem ver nas categorias daqui do blog que há uma dedicada especialmente para os vídeos que divulgo/divulguei do EuTeConto.

Enfim, mês passado recebi um e-mail da Amanda com uma playlist dos novos vídeos que foram publicados, e para provar que nossa parceria continua firme e forte trago hoje cinco vídeos do canal para vocês, caros leitores, desfrutarem.

 Semanalmente estarei trazendo algumas compilações de vídeos do EuTeConto, no mais, espero que façam um bom proveito deste ótimo conteúdo.

[Rumo aos 100.000 inscritos]

domingo, 13 de maio de 2018

DANTE 01 - Prisão Espacial

 dante 01, prisão espacial, filmes ficção científica, análise de filmes

"Tudo começou no fogo, no fogo primitivo, no fogo do inferno. Como na garganta do dragão, como em um conto de fadas. Não só aprendemos, com os contos de fadas, que dragões existem... mas que podem ser derrotados."

Em seu terceiro longa, DANTE 01, lançado em 2008 na França, o diretor Marc Caro nos trás uma ficção científica bem louca juntamente com o produtor Richard Grandpierre, a trama se passa em um futuro desconhecido; Mais especificamente em uma estação espacial que orbita um planeta em chamas chamado Dante, a nave detém perigosos criminosos e doentes mentais que são sujeitos à experimentos.

A tal estação tem sua rotina alterada quando dois novos habitantes chegam à nave: Elisa (uma psico-geneticista) e um prisioneiro sem nome (apelidado de São Jorge) que possui incríveis poderes e habilidades psíquicas.

Quem comanda a estação é um sujeito chamado Charon, que está sempre monitorando tudo e dando ordens juntamente com sua parceira Perserphone,  especializada em psicologia criminal.

O objetivo central ali é realizar experimentos nos prisioneiros, com o intuito de obter avanços em seus estudos e, de certa forma, "curar" os prisioneiros.

sexta-feira, 11 de maio de 2018

O renomado ocultista Eliphas Levi

eliphas levi, ocultismo, blog mortalha, magia

O abade francês Alphonse Louis Constant, conhecido nos meios ocultistas como Eliphas Levi Zahed (tradução hebraica de seu nome), é considerado por muitos, o mais importante ocultista do século XIX. 

Eliphas nasceu no dia 8 de fevereiro de 1810 em Paris, filho do sapateiro Jean Joseph Constant e da dona de casa Jeanne-Agnès Beaupurt. Possuía uma irmã, Paulina-Louise, quatro anos mais velha.

Quando pequeno, Levi possuía grande aptidão para o desenho. Mesmo assim, seus pais o encaminharam para o ensinamento religioso aos 10 anos, quando ingressou no presbitério da Igreja de Saint-Louis em L'Île, onde aprendeu catecismo com o abade Hubault. Aos 15 anos, devido ao seu brilhantismo e dedicação ao sacerdócio, foi encaminhado ao seminário de Saint-Nicolas du Chardonnet, e começou a se aprofundar nos estudos linguísticos de forma tão notável que logo lia a Bíblia em sua versão original. 

Em 1830, foi cursar filosofia no seminário de Issy. Mais tarde, ingressou em Saint-Sulpice para estudar teologia.

igreja de Saint-Sulpice

Acima vocês podem ver uma fotografia da igreja de Saint-Sulpice, onde Eliphas Levi estudou teologia, na França.

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Os 72 demônios da Ars Goetia

Ars Goetia, Demônios, Daemons, Ocultismo, Demonologia, Magia, Feitiçaria

Antes de ler essa matéria, recomendo que leia um artigo que escrevi há uns dias atrás sobre o Lemegeton e a Ars Goetia, dessa forma, compreendendo o assunto de uma forma mais abrangente: 


Os espíritos da Goétia são entidades que existem desde os primórdios da humanidade e nunca tiveram vida física (nunca foram encarnados). Existem 72 espíritos, cada um deles possuí determinadas habilidades para auxiliar os humanos em realizações neste plano físico. 

É muito mais fácil definir o que um Daemon faz do que dizer o que ele é exatamente. Para isso, existem algumas teorias dentre muitas que explicam o que são os Espíritos da Goetia, quais suas origens e como realizam os nossos desejos.

Confira abaixo algumas das definições dadas a essas entidades.



ESPÍRITOS INFERNAIS 

Como o próprio nome já diz, a teoria dos Espíritos Infernais pressupõe que os Daemons são dêmonios do inferno que são evocados para relizar os desejos humanos. O ritual de evocação abre um portal que liga a região do inferno onde o daemon solicitado se encontra e a terra. Esta teoria é muito difundida e trata os Daemons como entidades únicas e muito perigosas se evocadas sem cuidados.



ENERGIAS PERSONIFICADAS

Esta teoria diz que os Daemons são energias onipresentes neste mundo. Estas energias representam os fênomenos da natureza que através do ritual de evocação se manifestão personificadas. A energia que se manifesta é consideada uma faceta da energia existente, isso explica como o mesmo Daemon pode se manifestar em varios lugares ao mesmos tempo.



MATERIALIZAÇÃO DE NOSSO SUBCONSCIENTE

De acordo com esta teoria, os Daemons são parte do nosso subconsciente e o ritual é um processo que faz com que nosso subconsciente se ligue ao nosso consciente. Desta forma a realidade pode ser alterada dentro do que é possível. Trata-se da materialização dos nossos desejos e explica o motivo de uma mesma evocação ter efeitos diferentes para pessoas diferentes.


segunda-feira, 7 de maio de 2018

Magia do Caos - Nada é verdadeiro, tudo é permitido

Ars Goetia, Demônios, Daemons, Ocultismo, Demonologia, Magia, Feitiçaria

O conceito de Magia do Caos (derivado diretamente do Caoísmo) é relativamente recente, tendo origem em West Yorkshire, na Inglaterra, nos anos 70 do século XX. Influenciada pelas práticas thelêmicas de Aleister Crowley e as inovações Austin Osman Spare, a Magia do Caos é primeiramente uma prática que abrange diversos sistemas mágicos. Trata-se de uma das tendências modernas em ocultismo, construída com base na rejeição de qualquer forma de dogmatismo e a primazia da experiência mágica pessoal (que pode, por outro lado, incluir sistemas existentes). 

O movimento de Magia do Caos se originou no final de 1970 na Inglaterra, e até a década de 1990 permaneceu no meio underground; a sua ocorrência está associada ao crescimento do interesse no oculto entre as comunidades de jovens, e à subcultura. A máxima central deste tipo de prática é "se funciona, usa-a". A Magia do Caos usa o estado de Gnose, através de práticas como meditação, música, dança, uso de ervas, dor, ou orgasmos, como forma de realizar práticas divinatórias ou outras práticas mágicas. Os Magos do Caos acreditam que conseguem moldar a realidade, ascendendo a estes estados de consciência e projetando (ou lendo) imagens ou pensamentos.

Magia do Caos, Nada é verdadeiro tudo é permitido, Ocultismo, Estrela do Caos

Apesar de algumas práticas serem diretamente relacionadas à Magia do Caos (tal como o uso de "sigilos"), este tipo de práticas é normalmente baseado em sistemas de crenças individuais, e de base adogmática. Alguns Magos do Caos acreditam que algumas destas práticas constituem uma forma de paradigma de pirataria (Lifehacks). Algumas fontes comuns neste tipo de inspiração incluem áreas diversas como ficção científica, teorias científicas, teorias da conspiração, xamanismo, filosofia oriental, religiões, e experiências individuais. Apesar de enorme variação, os Magos do Caos frequentemente trabalham com paradigmas caóticos, incluindo humorísticos, como Hundun do Taoísmo e Éris do discordianismo.

A Magia do Caos é caracterizada pelo uso de ambas as técnicas tradicionais, baseadas em sistemas místicas orientais e ocidentais já existentes, e novas, desenvolvidas pelo próprio magista. Entre estes últimos, deve-se notar o método de sigilação de Austin Spare, além de conjuntos próprios de símbolos mágicos (estrela do Caos, Caosfera, conceitos probabilísticos e imutabilidade, entre outros). Outra característica, de acordo com os próprios seguidores, é o amplo uso de estados alterados de consciência, incluindo transe e alguns estado de êxtase que os proponentes da Magia do Caos chamam de Gnosis (não confundir a compreensão do termo com a sua interpretação tradicional hermética). Para atingir este estado, os magistas podem utilizar drogas ou práticas sexuais, entre outros métodos.

domingo, 6 de maio de 2018

Austin Osman Spare - O Artista do Caos

austin oman spare, magia do caos, caoísmo, ocultismo, magia, blog mortalha

Austin Osman Spare (1886-1956) é considerado um gênio das artes, tanto mágicas quanto da pintura. Nascido no dia 30 de dezembro de 1886 em Snowhill, Londres, Spare veio a falecer em 15 de Maio de 1956, num hospital em Londres aos 67 anos de idade.

Impressionou muitos ao ingressar aos dezesseis anos de idade, no Colégio Real de Arte em Kensington, demonstrando mesmo com sua pouca idade um enorme talento.

Austin Osman Spare: O Artista do Caos

Envolveu-se em sua adolescência com uma mulher a quem se referia como "Mrs. Paterson" que clamava ser uma bruxa descendente das bruxas de Salem, esta mulher assumiu uma grande posição na vida de Spare, que se referia a ela como "Witch Mother" (Mãe Bruxa).

A Senhora Paterson era considerada pela sociedade Vitoriana como sendo uma bruxa, essa senhora não apenas ensinou Spare a visualizar e evocar espíritos e elementais, como também o iniciou na via sabática, no qual durante um encontro, recebeu seu nome "Zos".

No ano de 1908, após uma exibição na galeria Bruton em Londres, atraiu a atenção do Mago Aleister Crowley (clique AQUI para ler sobre ele) que prontamente o convidou para ilustrar as edições de sua revista "Equinox", sendo então, guiado por Crowley para Astrum Argentum, uma sociedade mágica conhecida como "A Estrela de Prata".

Porém Spare era dotado de um gênio indomável e logo voltou-se a seu próprio sistema mágico e à conclusão de seu mais conhecido livro "O Livro do Prazer".

Quando em 1916, Spare ingressou no exército como um artista oficial, não imaginava-se que sofreria um acidente, que paralisaria todo seu lado direito do corpo. Muitos sequer acreditavam que ele voltasse a desenhar ou pintar novamente, mas seis meses após isso, estava novamente desenhando e pintando habilmente. Fato esse que por muitos era atribuido a Spare e seu contato com elementais e espíritos.

Em 1948 encontra-se com Kenneth Grant, inicia então seu grimório definitivo conhecido como "Zos Kia Cultus", não finalizando por sua morte em 1956. Spare morreu em 1956, em um quarto de porão em Brixton (Inglaterra), pobre e desconhecido.

Por muitos é considerado o Avô da Chaos Magick (Magia do Caos - clique AQUI para saber mais), uma vez que suas idéias e técnicas foram uma das maiores influências para a criação desse sistema/paradigma moderno de magia.

sexta-feira, 4 de maio de 2018

10 casos relevantes para o estudo da ufologia

Ufologia, Blog Mortalha. Extraterrestres, Alienígenas, ETs, Aliens, Ovnis, Ufos

Muita gente acredita em discos voadores. Mas também tem muita gente que não acredita. Claro que nem tudo que parece ser disco voador, realmente é. Mas é inegável que tem certos casos onde é muito mais improvável a hipótese cética do que admitir que ufos voam por aí. Muita gente me pergunta: Ah, mas o que faria um ET sair lá da PQP pra vir aqui na Terra? Só olhar? E por que eles não entram logo em contato. Pra essa pergunta, existem dezenas de respostas que vão da mais simples à s conjecturas mais complicadas, envolvendo antropologia, sociologia, política, etc. 

Mas a resposta que eu mais gosto é a que estabelece um paralelo com nosso mundo.

"É legal ir ao jardim zoológico para olhar os animais, e nem por isso tentamos falar com o hipopótamo."

Como é praticamente impossível provar a existência dos ufos de uma maneira completamente irrefutável, dada a inconstância e erraticidade do fenômeno, a solução é continuar catalogando as ocorrências e tentando documentá-las da maneira que for possível para um cruzamento de informações e estabelecimentos de hipóteses.

São eles:

1- A noite Oficial dos Ufos
2 - Vôo 169 da VASP
3- Caso Villas Boas
4 - Operação Prato
5- Caso Saliut: Contato no espaço
6 - Caso Baependi
7 - Caso Travis Walton
8 - Caso Thomas Mantell
9 - Caso Westendorff
10 - Caso Crixás

Vamos ver um por um,
começando por…


Vestidos para a sepultura: O uso da mortalha ao longo dos séculos



A preparação do corpo do defunto para a última viagem englobava um
aspecto importante, o qual era geralmente por ele determinado quando
da elaboração do testamento. Por meio do estudo analítico de uma
amostra de 250 testamentos bracarenses do século XVIII, tornou-se possível
avaliar, ou pelo menos antever, o momento em que seus restos mortais eram
envolvidos nas vestes que o amortalhavam. 

É certo que nem sempre as determinações dos testadores eram respeitadas na íntegra. Mas como esses casos eram a exceção, e na falta de outras fontes documentais, cremos que os dados obtidos em testamento refletem em grande medida a realidade.

 Ao longo dos séculos, as mortalhas utilizadas pelos defuntos, com as quais eram sepultados,conheceram uma evolução importante. Se, na Idade Média, pelo menos desde o século X, os defuntos eram geralmente revestidos com um simples sudário ou lençol, a partir da Idade Moderna difundiu-se no mundo católico o costume de amortalhar os cadáveres com o hábito de uma ordem religiosa.

 O uso dos hábitos referentes aos santos fundadores ou padroeiros de uma
congregação religiosa, como mortalha, tinha uma função cristã escatológica.

O objetivo era garantir a intercessão desse santo junto a Deus, como forma
de assegurar a salvação eterna do indivíduo que envergasse essa veste envolvendo seus restos mortais.

A imagem histórica do Diabo na MPB

A Participação do Diabo na MPB

Krig-há Bandolo! A imagem contemporânea do diabo como um ser pessoal que lidera uma legião de demônios – seres também pessoais, de caráter maléfico e destrutivo - e que trabalha ativamente na sociedade e em algumas pessoas tem origem no dualismo persa. Contudo, foi durante o período medieval que tal imagem se cristalizou no inconsciente coletivo do Ocidente, como bem demonstra Jean Delumeau em seu estudo sobre a história do medo no Ocidente

Isso se deu gradativamente e atingiu seu auge durante as diversas crises que assolaram a Europa após o ano de 1300. As pestes que dizimavam multidões, a vitória dos muçulmanos sobre tropas cristãs nas regiões do mar adriático e a posterior perda de Constantinopla fizeram com que a Europa mergulhasse no que Delumeau chamou "choque psicológico coletivo". 

Diversos teólogos sentiram a ameaça da cristandade sitiada e passaram a procurar explicações teológicas para a crise. Desde então, o diabo - que antes se pensava derrotado definitivamente por Cristo - começou a ganhar mais destaque. Ao seu poder eram atribuídas todas aquelas ameaças. Delumeau mostra como o medo passou a ser um sentimento onipresente na cristandade. 

Nesse clima de insegurança coletiva aumentou a desconfiança para com tudo o que fosse diferente, exógeno e que não se enquadrasse ou não pudesse ser explicado satisfatoriamente pelos quadros conceituais da teologia da época. Nesse período desenvolveu-se em grau extremo a satanização de muçulmanos, judeus e mulheres.

Naturalmente, a figura do diabo já existia, mas diante da superioridade religiosa do cristianismo, não incomodava muito. Era uma entidade vencida, derrotada ou "amarrada" conforme a linguagem do Apocalipse. Mas as sucessivas crises medievais cooperaram na reabilitação de sua importância funcional e na crença de que ele estava livre e agindo através de várias artimanhas no mundo a fim de desestabilizar a sociedade. Todos conhecemos, ao menos em parte, as diversas histórias da inquisição, torturas, fogueiras acesas e dos mecanismos pelos quais se interiorizava a crença no diabo.

Sobreviventes do holocausto que se refugiaram no Brasil

Sobreviventes do holocausto que se refugiaram no Brasil

Apesar da fama acolhedora do povo brasileiro, nem todos os refugiados, exilados e sobreviventes do Holocausto foram prontamente recebidos no país. 

“O Brasil não tem muito o que se orgulhar do ponto de vista de uma política estatal— assim como outros países da América Latina, que fecharam as portas [para os refugiados] apesar das grandes comunidades judaicas que já existiam aqui”, afirma em uma entrevista a professora Maria Luiza Tucci Carneiro, uma das principais pesquisadoras brasileiras do assunto.


Conhecimentos Proibidos Ao Alcance de Todos - Morte Súbita

Conhecimentos Proibidos Ao Alcance de Todos, Morte Súbita

Antes de começar a escrever quero deixar bem claro que não estou fazendo nenhuma publicidade, não recebi grana para isso e nem sequer conheço os administradores de tal site. 

Sou curioso desde tenra idade, sempre me perguntei qual o sentido disso tudo (da vida) e se há realmente algum motivo para estarmos aqui (nesse plano), tais questões existenciais sempre me rondaram e continuam me rondando, parece que quanto mais encontro respostas, mais dúvidas surgem no caminho, e talvez isso que torne essa senda especial.

 Não é segredo que sou um cara obcecado por ocultismo, leio e experimento de tudo, não me prendo a dogmas ou a religiões, gosto de estudar a teoria, mas sempre colocando os rituais na prática, desfrutando e aprendendo um pouco mais com cada experiência, a cada dia mais abstrato e empírico.

Retomando o raciocínio, não escrevo isso para falar de minha persona, e sim sobre um site, ou melhor, um portal que uma vez adentrado, não há mais volta.

O Morte Súbita se trata de um portal de ocultismo que abrange as mais diversas egrégoras e vertentes, por lá você encontra textos, livros e artigos sobre Alta Magia, Thelema, Demonologia, Cultos Afro, Magia Sexual, Magia do Caos e até mesmo Ufologia, isso sem falar das outras inúmeras categorias que não estou disposto a listar aqui, acessem e vejam por si mesmo.

Deixarei que o portal fale sobre si através de suas próprias palavras, poupando-me de mal entendidos e passando sua mensagem com mais clareza, para acessá-lo basta clicar no título abaixo:


Morte Súbita Inc. é uma agência de blasfêmias e um santuário de heresias que visa explorar realidades alternativas e dar suporte a minorias conceituais. O trabalho prático de desconstrução de universos conceituais e arquitetura de túneis de realidade é espelhado na vasta teoria apresentada neste portal.


quarta-feira, 2 de maio de 2018

Países que admitiram publicamente a existência e OVNIs

OVNI, UFO, ALIEN


URSS, em 1969. 

O então ministro das Ciências foi à TV e admitiu que a União Soviética considerava o assunto UFO como muito sério e afirmou ser uma nova obrigação dos cidadãos soviéticos relatar às autoridades todas e quaisquer observações destas naves. Após o programa, mais de 100 mil cartas foram recebidas com tais relatos, enviadas por pessoas de todos os cantos da URSS. Nunca mais o governo soviético tocou no assunto…



França, em 1976. 

O próprio presidente Alain Giscard d'Estaing apresentou-se num programa especial de TV e confirmou que os UFOs existiam, que eram extraterrestres e que estariam se aproximando da Terra. Nesta oportunidade, perante a estupefacta opinião pública, mostrou dezenas de fotos e filmes de UFOs sobre o país e fundou uma entidade oficial de pesquisas ufológicas, o Groupment d'Études des Phénomènes Aeriens (Gepan). O organismo está funcionando até hoje, instalado numa sala nos arredores de Paris e sobrevivendo com pouquíssimos recursos. Seu diretor atual é Jean-Jacques Velasco, que no ano passado esteve envolvido no Relatório Sturrock, que "ressuscitou" o assunto UFO nos meios científicos.



Argentina, em 1978. 

Num arroubo de popularismo, o então presidente  admitiu que os UFOs existiam, mas não entrou em detalhes. Hoje sabe-se que a Força Aérea Argentina tem um programa oficial e semi sigiloso de pesquisas ufológicas.



Uruguai, em 1982. 

Um ex-presidente admitiu que os UFOs existem e confirmou a existência de uma entidade de pesquisas do assunto dentro da Forca Aérea Uruguaia, fundada em 1979. É a Comisión Receptadora e Investigadora de Denuncias OVNI (Cridovni), uma entidade aberta e mista de civis e militares, mas extremamente céptica – seus membros utilizam metodologia atrasada e sequer crêem em abduções...



Brasil, em 1986. 

Durante uma intensa onda ufológica que durou vários dias de maio daquele ano e que culminou com o que ficou conhecida como a noite oficial dos UFOs no Brasil, o então ministro da Aeronáutica Octávio Moreira Lima admitiu que os radares do Cindacta e os dos aeroportos do Rio, São Paulo e Belo Horizonte estiveram detectando mais de 20 objetos não identificados com cerca de 100 m de diâmetro cada, entupindo as principais aerovias do país. Lima prometeu um relatório sobre o assunto em 30 dias. Hoje, passados 12 anos, tal relatório ainda não se materializou…



Bélgica, em 1994. 

Em meio à uma fantástica onda ufológica que assolou o país naquele ano e seguintes, especialmente
envolvendo observações de misteriosos triângulos voadores, o ex-ministro de Defesa da Bélgica, deBrouer, admitiu que o assunto é serio e que a Forca Aérea iria pesquisa-lo oficialmente. Há rumores de que haja um centro de pesquisas estabelecido, mas nada está confirmado.



Chile, em 1996. 

O general e atual senador vitalício Ramón Vega, amigo do ex-ditador Pinochet e de 9 em cada 10 militares do país, conseguiu levar o debate ufológico para os meios oficiais, com certeza forçado pela crescente onda ufológica que atinge o Chile e que inclui ocorrências em plena luz do dia sobre Santiago. Vega estimulou e conseguiu que fosse fundado o Centro de Estúdios de Fenómenos Aeroespaciales (CEEFA), dentro da Força Aérea Chilena. Este organismo é misto e o representante de UFO no Chile, Rodrigo Fuenzalida, toma parte em suas discussões e pesquisas.



Espanha, em 1997. 

O país admitiu que os UFOs existem em varias ocasiões, a última delas há alguns anos. Desde 1993 a Força Aérea Espanhola vem liberando pedaços desconexos de documentos oficiais sobre o assunto, o que levou ufólogos do mundo todo a suspeitarem de manobra política. Só casos menores e sem importância são divulgados, ainda assim distorcidos.

Os casos mais complexos são sonegados.


Por A. J. Gevaerd [Revista UFO]
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...