terça-feira, 17 de abril de 2018

Jogos macabros que marcaram a infância de muitos

Jogos assustadores que marcaram a infância de muitos, blog mortalha

Tenho quase certeza de que os jogos de videogame marcaram a infância de muitas pessoas, principalmente a "geração z" (termo usado para definir a geração de pessoas nascidas depois da década de 90), convenhamos que a virada para o século XXI trouxe inúmeros avanços tecnológicos.

O meu primeiro videogame foi um Sega, daqueles que já vem com diversos jogos na memória, apesar de parecer ultrapassado quando comparado com os videogames atuais, ele me proporcionou ótimas aventuras, assim como o Super Nintendo, e alguns anos mais tarde, o PlayStation.

Alguns jogos são icônicos, quem não se lembra do Super Mario? Ou do Zelda? Mas não vim aqui falar sobre esses jogos "light", e sim sobre os mais bizarros, aqueles que tiravam o nosso sono mas mesmo assim não largávamos o controle até zerá-los.

5.  Resident Evil

resident evil, blog mortalha

Resident Evil se trata de uma franquia de jogos do gênero survival horror criada pelo designer Shinji Mikami e patenteado pela Capcom, vindo a ser lançada no ano de 1996, produzida originalmente para a PlayStation. Desde então o título se tornou um sucesso, vindo a ganhar adaptações para o cinema, se tornar livros e até mesmo HQs, porém estes contém alguns desvios do enredo original (o do jogo).

Os jogos no continente asiático foram distribuídos com o título: BioHazard, vindo a trocar posteriormente para Resident Evil, isso se deu provavelmente pelo fato do nome anterior já possuir patente. Os games são controversos por suas cenas violentas e com bastante sangue, não é a toa que logo no início de todos os jogos aparece a seguinte mensagem: 

resident evil, blog mortalha

Os principais personagens da trama são Chris Redfield e Jill Valentine, sendo esses da versão original do game, outros dois personagem que merecem destaque são Leon Scott Kennedy e Claire Redfield, vindo a ganhar destaque na sequência do jogo original. Os "vilões" normalmente são zumbis, presentes em todas as versões, porém também há mutantes de todos os gêneros e corporações como a Umbrella, responsáveis pelo caos com que lidamos na trama.


Para as plataformas de videogames, de 1996 até os dias atuais foram criados mais de trinta versões do game, já para o cinema a franquia ganhou seis adaptações ao longo de duas décadas, isso sem contar as animações, os mangás e as HQs (e as versões japonesas, que são diferentes da original).



4. Mortal Kombat

mortal kombat, blog mortalha

Mortal Kombat é uma extensa série de jogos de luta criados pelos estúdio Midway Games, esses por sua vez, se tornaram um fenômeno em todo o globo, vindo a ganhar diversas adaptações para o cinema.

 Os jogos são bastante conhecidos por seus peculiares personagens e a violência durante os combates, uma ressalva para os fatalities: sequência de golpes brutais para realizar um K.O. com estilo.

Esse não pode ser considerado um jogo assustador, porém venhamos e convenhamos que merece estar nessa lista graças ao seu nível de popularidade e sua violência explícita.

mortal kombat, blog mortalha

Curiosamente a ideia original dos produtores (John Tobias e Ed Boon) era fazer um filme com a participação de Jean-Claude Van Damme, porém eles deixaram a ideia de lado que foi substituída pela ideia que deu vida ao MK.

O jogo possui mais de vinte versões, tendo a primeira versão lançada em 1992 e a mais recente, Mortal Kombat X, lançada em 2015, trazendo dois vilões dos filmes de terror para sua tabela de lutadores: Freedy e Jason.



3. Silent Hill

silent hill, blog mortalha

Silent Hill é referência se tratando de terror psicológico, foi lançado em janeiro de 1999 pela Konami com auxílio da produção da Team Silent, sendo produzido originalmente para PlayStation, chegando posteriormente em outras plataformas, e claro, ganhando algumas sequências e reimaginações.

A jogabilidade geralmente é em terceira pessoa, como na maioria dos jogos de survival horror, seus ambientes trazem bastante névoa, como é típico do jogo, nos levando em uma macabra aventura pelas avenidas de Silent Hill por onde caminham sem rumo as mais estranhas criaturas. 

silent hill, blog mortalha

O ambiente do jogo é um só, porém a trama parece se passa em duas dimensões paralelas, em uma delas a cidade se parece normal (a não ser pela névoa e pelas ruas vazias), já na outra nos deparamos com a escuridão, que trás os seres bizarros que tornam o jogo mais tenso e divertido.

Silent Hill também ganhou adaptações para o cinema, o filme foi lançado em 2006, clique aqui para saber mais sobre o mesmo.



2. ObsCure

obscure, blog mortalha

ObsCure foi lançado em 2004, pela Hydravision e assim como os títulos anteriores se trata de um survival horror, nem tão popular assim, porém bastante tenso. Originalmente o mesmo foi produzido para o PlayStation 2, ganhando posteriormente versões para PC e Xbox. Estamos falando de um jogo repleto de sustos, quando menos se espera surgem imagens grostescas na tela. 


Não há muita variedade de monstros no jogo, porém os poucos que tem já são capazes não apenas de assustar, mas também dar muita dor de cabeça ao jogador ao longo do enredo. É possível jogar no modo multiplayer, o que torna o jogo bastante inovador, permitindo que dois jogadores explorem o mesmo universo através de dois pontos de vista diferentes, permitindo assim uma experiência bem mais abrangente do que quando jogado sozinho.


Em 2007 foi lançado sua sequência intitulada de: ObsCure 2, produzida para PlayStation 2 e PC, sendo tão macabra como a primeira, o único diferencial é a trama e os desafios, que parecem ser bem mais complexos do que os do primeiro game.



1. Left 4 Dead


Para encerrar essa lista trago um dos meus jogos favoritos de Xbox, que sabe interpretar ao pé da letra a palavra survival horror.

Left 4 Dead foi lançado oficialmente em janeiro de 2008, desenvolvido pela Turtle Rock Studios, estando disponível para Xbox 360 e PC. Sua jogabilidade nos coloca a disposição quatro personagens, sendo dois controlados pelos jogadores (no modo multiplayer), e os outros dois controlados pela inteligência artificial do jogo, visando combater e escapar de centenas de infectados vorazes por carne humana.

O diferencial desse jogo (e o que mais gostei no mesmo) foi a velocidade em que os infectados caminham, ou melhor, correm, ao contrário de outros jogos do gênero onde os mesmos caminham lentamente, em Left 4 Dead eles literalmente se atiram sobre você, tornando assim o jogo mais tenso e deixando o jogador mais aflito a cada cenário.

left 4 dead, blog mortalha


Outro fato interessante é que os jogadores precisam cooperar entre si para se manterem vivos, ou seja, quando seu parceiro estiver ferido você precisa ajudar ele e vice-versa, criando assim um forte elo que obriga todos interagirem, sem exceções, já que as chances de sobrevivência estando sozinho é mínima.

O lançamento de Left 4 Dead foi o mais esperado do ano de 2008, recebendo análises altamente positivas da crítica e sendo elogiado por muitos sites e empresas voltados para videogames.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse sua opinião, ela é bem vinda!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...