domingo, 5 de janeiro de 2020

Saiba como o conflito entre o Irã e os Estados Unidos pode afetar nossas vidas

Como o conflito entre o Irã e os EUA pode nos afetar

O primeiro efeito foi sentido poucas horas após o ataque que terminou na morte do comandante iraniano Quassim Suleimani: com a tensão sobre uma possível escalada do conflito entre Estados Unidos (EUA) e Irã, o preço do barril de petróleo chegou a US$ 69,50, em alta de quase 4%. Também não tardou para que as bolsas internacionais fossem afetadas e o dólar subisse 0,74%.

Sem saber ainda qual vai ser a reação iraniana ao ataque estadunidense, o mercado prevê uma normalização de preços nos próximos dias. O Irã, contudo, anunciou “retaliação severa” ao que chamaram de “o maior erro de cálculo dos EUA desde a Segunda Guerra”.


Assim, se o líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, cumprir a ameaça, o clima pioraria. Com os barris de petróleo mais caros, diversas áreas da economia devem ser afetadas, desde os preços de fretes até os de alimentos e derivados de petróleo – a lista vai de tecidos a produtos fabricados em plástico, por exemplo.

Assim, se o líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, cumprir a ameaça, o clima pioraria. Com os barris de petróleo mais caros, diversas áreas da economia devem ser afetadas, desde os preços de fretes até os de alimentos e derivados de petróleo – a lista vai de tecidos a produtos fabricados em plástico, por exemplo.

Como o conflito entre o Irã e os EUA pode nos afetar

Quem também se prepara para possíveis aumentos de preços de combustíveis são as companhias aéreas, que podem ser afetadas não só por causa do querosene, mas também em outras áreas de operação. Isso porque, como as bolsas reagiram ao conflito, alterações na taxa de câmbio também podem afetar custos como manutenção e arrendamento de aeronaves.

Confira algumas áreas que podem ser afetadas:

• Alta no preço da gasolina e do diesel direto nos postos de gasolina;

• Queda nas bolsas e alta no dólar;

• Preços mais altos nas passagens aéreas;

• Alta nas tarifas do transporte público;

• Com combustível mais alto, podem aumentar também o preço dos alimentos e de commodities, especialmente pelo gasto com transportes;

 • Aumento dos fretes para venda e compra de produtos;

 • Há ainda uma série de itens que usam derivados de petróleo e que podem ser afetados: produtos de limpeza, óleos e lubrificantes, tecidos sintéticos, plásticos e até mesmo medicamentos.


Adaptado por Dayana Bathory de: Metropoles

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse sua opinião, ela é bem vinda!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...