sexta-feira, 20 de março de 2020

Goetia Luciferiana - Introdução [+ PDF]

Goetia Luciferiana de Michael Ford

Capa do livro Goetia Luciferiana, de Michael Ford, fiz uma pequena adaptação como acrescentar o sigilo de Bune à imagem e contornar a mesma em linha vermelha, o link para download do livro em PDF está logo mais abaixo, na íntegra.


Confira as outras partes deste artigo clicando nos links abaixo: 


_________________________________________________________________________


Já escrevi sobre o sistema de magia Goetia aqui no blog, assim como fiz um post especificamente para os daemons, porém a metodologia que abordei nos artigo foi a salomônico (por ser considerado o tradicional).

Deixo os links abaixo caso queiram conferir:



A questão é, quero abordar as múltiplas facetas desse sistema de magia, a salomônica é tida como o método tradicional. 

Porém há também a vertente Luciferiana da Goetia que remove, ou melhor, substitui os conceitos e a ritualística judaico-cristã, lidando e tratando com os daemons de uma forma que considero mais apropriada.

Os métodos salomônicos me soam muito exteriores ao meu "paradigma" e, de um certo modo, desrespeitosos para com as entidades, o que me faz encarar a Goetia Luciferiana com uma perspectiva mais positiva e aceitável.

Chega a ser desnecessário dizer que essa "preferência" é apenas um ponto de vista pessoal. Como estudante e praticante, a magia pode ser objetiva, mas também é bastante subjetiva de um modo que cada magista a pratique de uma forma diferente, uma maneira que se encaixe em seu paradigma de crenças e principalmente, um método com o que se sinta à vontade,
trazendo assim resultados e sucesso.

Portanto levem isso em consideração antes de fazerem críticas irrelevantes, críticas são sempre bem vindas, mas quando construtivas.

Os textos que deixo abaixo foram retirados do grimório, Goetia Luciferiana, de Michael Ford, que explica assim como ensina todo o método em 78 páginas. 

Organizado em português pelo Magus Avohaj.



(Se não conseguir acessar, recomendo verem o pequeno tutorial que escrevemos ensinando a acessar o link em dois passos, 


Goetia Luciferiana de Michael Ford, livro para download

Dito isso, vamos ao artigo. 


GOETIA LUCIFERIANA


“O Encanto da iluminação do investigador”

A percepção da mente da serpente que habita nos sonhos celestiais e
infernais singra por entre os mundos...

Na alma angélica e na ígnea essência da serpente, que vêm como as
sombras mas é revelada com a luz.

Eu te ordeno à abrir os portais deste livro que são de sangue – a primeira
coisa que têm que entender destas páginas – Entre os mundos dos sonhos
virão adiante, aquilo que o investigador transformará em nova uma nova
sombra para a presença da Esmeralda de Luz. Eu te ordeno a guardar
contigo este livro nos teus “sonhos indesejados” para crescer e tornar-se
em luz do Anjo-Serpente.

Pelo ar e sonho nós entramos no Círculo!

Anagrama - Goetia Luciferiana



ÍNDICE DO GRIMÓRIO

Não entrarei no mérito de comentar os capítulos, afinal, os mesmos falam por si só, caso queiram obter mais detalhes baixem o PDF, não quero alterar o mesmo com minha visão, afinal, tenho meus próprios métodos e interpretações acerca do grimório.

Nesses quatro capítulos, um número simbólico que pode representar diversos conceitos, como o das quatro estações do ano, dos quatro elementos e dos quatro quadrantes, como está no grimório Goetia Luciferiana: Os Quatro Poderes subordinados aos Príncipes Infernais.



I. CONCEITOS PRELIMINARES 


• Introdução da edição em língua portuguesa
• Uma definição preliminar de magia e magia negra
• A Goetia – Antiga e Moderna
• Um Trabalho Preliminar
• O Ritual da Espiral do Dragão (Leviatã, a Serpente Sinuosa)
• Trabalhando com os Espíritos Demoníacos e Angélicos
• O Corpo de Luz
• O Corpo de Sombra



II. INVOCAÇÕES INICIAIS

• Invocação ao sagrado Anjo Guardião
• Invocação do Adversário


III. FERRAMENTAS DA ARTE

 O Círculo Goético
• O Triângulo de Evocação
 Os Punhais de cabo branco e negro
 O Bastão e o Pentáculo
 O Vaso de Salomão
 O Espelho Negro
 Evocação Sexual
 As Conjurações Goéticas


IV. ESPÍRITOS GOÉTICOS

 Os 72 Espíritos - Shehamforash
 Anexo - Selos e Ilustrações



Sigilo de Lúcifer completo

Na imagem acima à esquerda podemos ver o sigilo de Lúcifer em sua completude, porém um dos aspectos do sigilo é mais comumente utilizado, retratado na imagem à direita, retratando o que chamam como
 "aspecto vampírico" de seu selo. 

Entrarei em mais detalhes sobre esse simbolismo em um próximo post, 
e não preciso dizer que Lúcifer não tem nenhuma relação com o diabo do cristianismo, até porque o mesmo não existe, já bati nessa tecla muitas vezes, deixarei abaixo o link de da primeira parte de um artigo, uma vasta dissertação sobre o assunto.


Deixarei abaixo os oito primeiros tópicos do primeiro capítulo do grimório Goetia Luciferiana: Conceitos Preliminares, que são como uma introdução ao assunto antes de partir para a ritualística prática.



Introdução da edição em língua portuguesa
Introdução de Morbitvs Vividvs, 2011


Quando anos atrás eu tive a sorte de ser um dos responsáveis por trazer o sistema goético para a língua portuguesa, ao lado de meus irmãos Iaida6667 e AShTarot Cognatus, não faltaram pessoas para nos alertar que estávamos cometendo um grande erro. 

Que estávamos adquirindo um karma infinitamente grande e que seriamos responsáveis por tudo o que estas chaves fizessem deste então e assim acabaríamos loucos e em desgraça. Para todas estas pessoas informo que nós estamos muito bem de vida e saúde e não ficamos nem uma polegada mais loucos do que já éramos na época.

Deste então Goetia caiu no gosto dos adeptos lusófonos do caminho da mão esquerda. Entretanto, embora o sistema seja certamente bastante eficaz ele trouxe com ele dois problemas que limitavam seu completo potencial.

Em primeiro lugar As Chaves de Salomão são por definição parte de uma visão de mundo osiriana, ou seja, abraamica. Isto pode ser um real problema para satanistas e luciferianos porque a pessoa trabalha com arquétipos monoteístas e depois com arquétipos demoníacos e espera que tudo corrabem. É como jorrar água gelada e um copo para em seguida colocar água fervendo: muitos copos vãorachar. Esta é a verdadeira razão para Goetia ter a fama de ser um sistema maldito que acabafazendo mal a seus praticantes. 

Como defesa muitos magistas são obrigados a fazer adaptações para não sofrerem choques térmicos. O livro que você esta prestes a ler conseguiu levar esta adaptação ao nível de arte e acaba por convencer o leitor que na verdade o sistema osiriano é que é uma paródia da mais antiga e verdadeira forma luciferiana do ofício. 

O segundo problema é a complexidade exigida pelo sistema original. Verdade seja dita o autor, seja lá quem tenha sido, demonstra um talento para a verborragia e a decoração estética barroca parece ser uma preocupação constante a cada linha. Isso pode incomodar ocultistas interessados em ir
direto ao ponto. Mas devemos lembrar que esse é um atributo do próprio sistema goético que exige até certo ponto um bom grau de teatralidade. 

Escrito em uma época em que era mais fácil conseguir couro de cabra do que papel cartão, para muitos o sistema acaba sendo irreal. Em outras palavras
revela-se um sistema muito pouco prático ao magista moderno mais dado a soluções do que a métodos desnecessariamente complexos. 

Novamente cada um acabava fazendo suas próprias adaptações e simplificações. O problema é que ao fazer isso algumas pessoas acabavam eliminando porções importantes sem o qual o sistema simplesmente não pode funcionar. O presente livro consegue tornar o sistema o mais simples possível sem sacrificar sua funcionalidade.

Mas além de tornar a goetia mais simples e devolvê-la para sua origem ofídica luciferiana o autor tem ainda um outro grande mérito: ele consegue trazer para o sistema as boas inovações que o ocultismo assistiu nos últimos anos. 

Assim, mais do que uma releitura da forma de magia cujas lendas remetem a Salomão, temos aqui a herança direta dos magos modernos, notoriamente
Alesteir Crowley e Austin Osman Spare. 

Sigilos, Alfabeto dos Desejos, Postura da Morte tornam-se parte
integrante e potencializam ainda mais o poder da Goetia.

Michael Ford tem assim um grande mérito. 

Ele finca com força a bandeira de Lúcifer na terra de Goetia e torna assim os antigos Espíritos finalmente livres para serem chamados como aliados e não como escravos.

Na época em que vivemos, uma goetia luciferiana não é apenas uma ferramenta necessária, ela é inevitável.


CONTINUA...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse sua opinião, ela é bem vinda!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...