segunda-feira, 13 de abril de 2020

Asteroide gigante passará perto da terra no final desse mês de abril

Asteroide se aproximando da terra

Um asteroide que pode ter até 4 km de diâmetro vai passar perto da Terra no próximo mês de abril, notícia que chegou a deixar algumas pessoas em pânico, ainda mais em tempos de apreensão por conta da pandemia do Coronavírus. Mas não há nenhum motivo para se preocupar com uma colisão, de acordo com a NASA.

O corpo celeste, cujo tamanho pode ser o equivalente à metade do Monte Everest, conforme as estimativas, chegará a uma distância de 6,2 milhões de km do nosso planeta, o que é considerado relativamente próximo pelos cientistas e corresponde a 16 vezes a distância entre a Terra e a Lua.


Batizado de 52768 (1998 IR2), o asteroide gigantesco terá a sua proximidade máxima do nosso planeta no dia 29 de abril, quando passará “perto” daqui viajando a uma velocidade de 31 milhões de km/h, com chances de colisão muito baixas, segundo a agência espacial americana.




Um asteroide que pode ter até 4 km de diâmetro vai passar perto da Terra no próximo mês de abril, notícia que chegou a deixar algumas pessoas em pânico, ainda mais em tempos de apreensão por conta da pandemia do Coronavírus. Mas não há nenhum motivo para se preocupar com uma colisão, de acordo com a NASA.

O corpo celeste, cujo tamanho pode ser o equivalente à metade do Monte Everest, conforme as estimativas, chegará a uma distância de 6,2 milhões de km do nosso planeta, o que é considerado relativamente próximo pelos cientistas e corresponde a 16 vezes a distância entre a Terra e a Lua.

Batizado de 52768 (1998 IR2), o asteroide gigantesco terá a sua proximidade máxima do nosso planeta no dia 29 de abril, quando passará “perto” daqui viajando a uma velocidade de 31 milhões de km/h, com chances de colisão muito baixas, segundo a agência espacial americana.

Representação de órbita de asteroide gigante que passará próximo à Terra

A órbita do asteroide gigante mostra o quanto ele passará próximo à Terra, numa escala espacial, é claro. Fonte: Smitthsonian Magazine/Reprodução 

Embora tenha entre 1 km e 4 km de diâmetro e seja classificado como potencialmente perigoso devido à sua proximidade com a órbita terrestre, o asteroide 1998 IR2 não está na lista de possíveis eventos de impacto futuros da NASA.

Desmentindo notícias falsas
Uma matéria publicada recentemente pelo jornal inglês Daily Express sugerindo que havia um alerta da NASA a respeito da possibilidade de colisão desta rocha espacial com a Terra foi o suficiente para gerar medo em muitas pessoas.

Para desmentir a publicação, a NASA usou o seu perfil oficial no Twitter para afirmar que não existe nenhum aviso sobre riscos causados pela rocha. A agência ressaltou também que possui uma lista pública com todos os asteroides que passam perto da Terra, acessível a qualquer um, no site:




Fonte: TecMundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse sua opinião, ela é bem vinda!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...