quarta-feira, 25 de março de 2020

Goetia Luciferiana - Um Trabalho Preliminar [+PDF]


Confira as outras partes deste artigo clicando nos links abaixo: 

GOETIA LUCIFERIANA - INTRODUÇÃO




________________________________________________________________

Iniciei essa série de artigos em um post falando sobre a Goetia Luciferiana, assim como deixei a introdução original do grimório de mesmo título publicado por Michael W. Ford, organizado em português por Magus Avohaj.

Lembrem-se que não estou incentivando ninguém a praticar (ou deixar de praticar) esse sistema de magia, como um estudante e praticante de ocultismo, dando enfoque aqui à Goetia Luciferiana, quero apenas compartilhar conhecimento com outros magistas ou iniciantes que desejam se aprofundar nos assunto mas não sabem por onde começar.

Os textos que estou compartilhando são do primeiro capítulo (Conceitos Preliminares) do grimório Goetia Luciferiana original, sem adulterações. 

Apenas acrescento algumas imagens e adendos.


De qualquer modo, deixarei abaixo o link para download do PDF em português, caso se interessem em baixar, afinal, se forem levar os estudos a sério e possuem o intento de praticar Goetia Luciferiana, o mínimo que devem fazer é estudar o grimório, ir tomando notas, buscando referências externas (confiáveis) e preparando-se para adentrar o círculo.


Goetia Luciferiana de Michael Ford, livro para download

BAIXE O LIVRO EM PDF CLICANDO AQUI

(Se não conseguir acessar, recomendo verem o pequeno tutorial que escrevemos ensinando a acessar o link em dois passos, 
basta clicar aqui para acessar o post).

Hoje daremos enfoque aos quatro quadrantes/elementos, em uma linguagem mais adequada ao sistema luciferiano, aos quatro Príncipes Infernais. Um trabalho preliminar e essencial para a prática da Goetia Luciferiana.

Segue abaixo a dissertação de Michael Ford.

[...]


UM TRABALHO PRELIMINAR

Como qualquer exploração e busca de entendimento desses profundos desejos que nos motivam, inspiram e antigamente nos assombravam, nós estamos erigindo um vigoroso e enegrecido poder do self. 

Este nos concede não somente entendimento, sentimentos e percepções, mas a possibilidade de alguma coisa melhor. A Goetia é como uma ferramenta da escuridão; do mesmo modo um instrumento de força do self – uma ígnea luz. 

Uma obrigatória observação da natureza dos Espíritos  Goétios, que pode ser nociva ou benéfica dependendo de como poderá aproximar-se dele. 

No contexto moderno, o Magista é agora apto a encaminhar-se para além do modelo medieval de evocação distinguindo-se – ao contrário a bruxaria agora se propõe transmitir-se nos pontos entre o invocador e o invocado. 

Este é o Eixo de todas as mudanças, a auto-deificação, e a dança do adversário em sentido anti-horário é desenvolvida e finalizada. Uma possível execução dos ritos baseados acerca do Príncipe Infernal da Terra ou Sub-Príncipes Aliados. 

Muitas destas informações usadas podem ser encontradas em S.L. MacGregor Mathers traduzidas no “No Livro da Magia Sagrada de Abramelin o Mago”.


Os quatro Príncipes Infernais são:


• LÚCIFER - AR (de Lux Ferre, portador da luz). 

Ilustração do sigilo de Lúcifer completo

Um “espectro” comum associado à Lucifuge, do latim que designa “aquele que foge da luz” e pode estar devidamente associado com Mephistophelis. 

Lúcifer no seu aspecto de Anjo da Luz, o Adversário. Lúcifer é um título que é tido como o fogo do Djinn Azazel, o primeiro anjo, caído da estase da luz. Por esta razão, Lúcifer é o libertador e o propulsor da humanidade com sua dádiva da Chama Negra, ou percepção do Eu individualizado.


• LEVIATÃ - OESTE (de LVTHN, a sinuosa Serpente/Dragão do Mar). 

Ilustração do sigilo de Leviatã, com a cobra que morde a própria cauda em volta, ouroboros

Leviatã é o Demônio da Imortalidade e da Iniciação, aquela Besta e a Mulher Escarlate movimentam-se através da elevação dos oceanos como a Besta 666, o Espírito Solar da manifestação e criatividade.


• SATÃ - SUL (da raiz SHTN, que significa adversário). 


Ilustração do pentagrama satânico, invertido, representando a cabeça de um bode e com termos em hebraico formando a palavra Leviatã


Satã é um nome associado com Azazel o Djinn do fogo, que é também Lúcifer e Samael. O Bode com a forma de mil nomes. Satã = Set-an, o antigo Deus Egípcio da Escuridão, Caos e “Misantropia”. Satã é o adversário, cujo símbolo pode ser visto como um tridente que se ergue ao entardecer.


• BELIAL - NORTE (de BLIOL, o perverso). 


Ilustração de Belial e seu sigilo

Belial é o Espírito da Terra, criado segundo depois de Lúcifer/Azazel como um poderoso anjo. É um espírito e iniciador poderosamente demoníaco e angelical, e está assim associado com o inferno e o céu. 


OS SUB-PRÍNCIPES SÃO (E DEVEM SER CONSIDERADAS FORMAS SOMBRIAS DOS PRÍNCIPES INFERNAIS CITADOS ACIMA):


• SAMAEL - LESTE (Criado/Anjo do Fogo que é Azazel). Samael é o Príncipe Demônio que é marido de Lilith e pai de Tubal-Cain. A palavra raiz de Samael é SML, que se traduz por “Ídolo ou Imagem”.


• AZAEL - OESTE (associado com Azrael, o Anjo da Morte ou o Egípcio Anúbis, o Deus da Morte). Azael representa o Oeste e o Reino do Crepúsculo.


• AZAZEL - SUL (associado com o elemento Fogo, como Azazel é o Djinn do fogo no Sufismo Islâmico. Na religião Hebraica é o bode expiatório, associado com a com a origem OZ, significando Bode ou Diabo, força sexual.


• MAHAZEL - NORTE (associado com a terra, sendo Cain ou o Set Egípcio como o Senhor da Terra na Doutrina Tifoniana). Mahazael vem de raiz MHZAL, e significa Consumir ou Devorar e é associado à Amaimon, o Grande de Demônio.


CONTINUA...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse sua opinião, ela é bem vinda!