domingo, 5 de julho de 2020

Fatos acerca do morte do ator Brandon Lee no set de filmagem de O Corvo

Fotografia de Brandon Lee em, O Corvo, filme de 1994.

Ontem publiquei no Mortalha Takes um vídeo, com uma pequena análise do filme O Corvo de 1994, tendo como protagonista Brandon Lee. Foi nesse filme onde o mesmo levou um disparo acidental, que causou sua morte, até comentei no vídeo sobre o acontecido, porém de forma resumida.



Para conferir o filme completo, clique aqui.

Nessa madrugada de domingo decidi trazer para vocês alguns fatos a mais sobre a morte do ator, Brandon Lee, que marcou a história do cinema, seguindo os passos de seu pai, Bruce Lee, que coincidentemente também morreu jovem  nos períodos das gravações de seu último filme.

Mas falemos disso, mais detalhadamente, na íntegra.


1. ALGO QUE NÃO DEVERIA ESTAR ALI

Durante as gravações de O Corvo, todas as balas que foram disparadas nas cenas eram de festim, porém, ao final das gravações, faltando cerca de 3 dias para finalizar o longa, um projétil real acabou por ser colocado em uma das armas, que foi disparada na direção do ator, atingindo seu abdômen.

No início quem estava presente no set nem desconfiou do que havia ocorrido, já que tudo estava no roteiro, apenas perceberam pela demora de Brandon Lee para levantar para gravar a proxima take.



2. UMA BALA, UMA MORTE E CONSPIRAÇÕES

Apesar de ter sido levado ao hospital, a cirurgia era bastante delicada, e Brandon estava perdendo muito sangue, acabando por falecer, no dia 31 de março de 1993. Algumas pessoas costumam comparar a morte do ator com a de seu pai, Bruce Lee, que supostamente também morrera no set de gravação de seu último filme "Operação Dragão".

Bruce Lee juntamente de seu filho, Brandon Lee, quando criança.

Bruce Lee juntamente de seu filho, Brandon Lee, quando criança.


Muitas pessoas afirmam isso, o que gerou teorias da conspiração que rolam a solta pela internet, algumas dizem que os atores na verdade foram assassinados, porém não há comprovações disso. Bruce Lee morreu de um edema cerebral, mas não aconteceu exatamente no set, porém durante as gravações, em uma das cenas ele desmaiou e acabou por descobrir a doença.

No caso de Brandon Lee, relatos oficiais dizem que a munição caiu acidentalmente, o que da brecha para supor um possível assassinato, afinal, o que uma bala real estava fazendo por lá? De qualquer maneira, não há fatos oficiais que comprovem a possibilidade de um homicídio.

Isso não impede que especulações sejam feitas acerca dos acontecimentos.


3. AS CENAS DA MORTE DE BRANDON LEE

Quando o projétil foi disparado contra Brandon Lee, todas as câmeras estavam voltadas para ele, ou seja, registraram a sua morte, tirando o trágico acontecimento, tudo saiu conforme o roteiro (como falei, os presentes no momento só perceberam o que havia acontecido pela demora do ator para levantar).

O diretor do filme, Alex Proyas, poderia ter usado a cena, mas não o fez, ao invés disso a produção entregou o material para a polícia para que os mesmos averiguassem e, posteriormente, destruíssem.



4. A CONCLUSÃO DO FILME

Brandon Lee sendo maquiado para atuar no filme, O Corvo.

Nos créditos do filme podemos ver algumas homenagens da Universal Pictures. Para completar as cenas que faltavam, foram contratados dois dublês, uma curiosidade é que O Corvo, foi um dos primeiros filmes a trabalhar com a reprodução digital de rostos.

O filme se tornou um sucesso de bilheterias, com um orçamento de 6 milhões de dólares, acabou por lucrar mais de 50 milhões. Foram produzidas duas sequências baseadas em "O Corvo", até os dias atuais a obra (assim como Brandon Lee) é relembrada por fãs da sétima arte.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse sua opinião, ela é bem vinda!